Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

Um pouco de malandragem?

Um pouco de malandragem?
Esses seres urbanos e suas estranhas petições... me levar a querer postar algo diferente, em nosso redor é bem comum ver pessoas na Teologia de Cássia Eller, “Eu só peço a Deus um pouco de malandragem...”.
Onde termina o temor começa a queda, minha intenção nesse post é apenas levar cada amigo que lê, a refletir sobre que tipo de petição temos feito?
Não quero algo menos do que aquilo que próprio Deus me permite, entre muitas coisas algo que o ouço falar é: “Pede-me e te darei as nações por Herança...” (Salmos 2.8).

Para onde vão as aves - Sérgio Lopes

Unilateral...

Não,
Não é assim,
A salvação,
Não depende de mim.

Fim,
De uma religiosidade,
Que quer provar a Deus que pode.

Sacode,
Os trapos da justiça que pensas,
E chegues,
De graça,
A graça que levas.

Marcelo Edu. Oliveira
Todos os direitos reservados.

No hay argumento Jesus Adrian Romero

Ribeirão Pires...

Ribeirão Pires
Estância é como lhe chama,
Mas é cidade de algo mais,
Foi de lá meu primeiro “berço”
E é lá que caminho em Paz.

Feita hoje pela manhã quando visitei a cidade onde nasci para uma reunião. Dia 25 de novembro de 2010.

Sem Limites...

Sem Limites
Quando em negras nuvens,
Chegar a pensar,
Que não dá pra mim.
Da tua graça,
Hei de escutar,
Que teu amor não terá fim.

Sem limite,
Esse teu amor,
Que insiste,
Ao falar a mim,
Quando triste.

Esse teu poder,
Que consiste,
Em me ver viver,
Sem limites.

Stacie Orrico I Promisse Legendado em Português

Faz bem lembrar do cuidado de Deus... Josué 1.9

Ainda Ontem

Ainda ontem,
ouvi os sons da criação,
o que fascinou meu dia,
descortinou meus sonhos.

Ritmou meu coração,
perceber o que fez,
pra chamar minha atenção.

Tenho mais que mil razões,
para viver,
o fruto disso: poesia,
pra escrever.

ainda ontem,
um riso largo,
à oferecer.

Marcelo Edu.
Todos os direitos reservados.

O Teatro Magico - Cidadão de Papelão - Clipe Oficial

Considerando Caminhos...

Ageu 1. 3-7
3 Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo:
4 Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta?
5 Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.
6 Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado.
7 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.
Um barco à deriva é um homem sem prioridades, é muito comum ver pessoas assim na sociedade que vivemos e até mesmo em nossa comunidade de fé. Falo de prioridades não apenas no sentido de se ter uma agenda bem organizada, pois, seria uma verdadeira frustração ter uma boa agenda sem motivações corretas.
Acho muito interessante quando em Ageu vemos o Senhor dizendo, considerai os vossos caminhos.
Quais são as minhas prioridades?
Um líder que vive apenas em função de apagar incêndi…

Ser Urbano

Nas diversas vezes que me vejo,
Em meio à diversidade,
Outra vez reconhecia
Na ansiedade.
Que tua voz é companhia,
No silêncio da cidade.
Anoitecia-se meu dia,
Na São Paulo sempre claro,
Via que os povos uniam,
No metrô do Jabaquara.
Para a sua e minha alegria,
Sem pensar contar com sorte,
O vejo em melodia
Ao chegar à zona norte.
Inspira devoção,
Aos que sabem ser urbano,
Reconhecer Deus em momentos tão humano,
Não espero de ti um templo,
Ou sequer a catedral.
Espero ver-te nas ruas,
Em sair de meu quintal,
Tendo um encontro divino,
Nesse olhar de menino;
Marginal.

Feita no Imirim, Zona Norte de São Paulo-SP

Volte ao Barco...

Volte ao Barco
(Lucas 5. 1-11)
“Quando acabou de falar, disse a Simão: faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar. Respondeu-lhe Simão: Mestre, havendo trabalhado toda noite nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes” (V. 4-5).
Introdução: Existem dias onde tudo parece dar errado, o poeta não acha palavras, o pintor encontra-se sem inspiração, no trabalho as coisas vão de mal a pior, aquele pai de família perde o sono, por não conseguir pagar as contas, a luz se encontra fraca cadê os amigos? Talvez, seja esta a pergunta de muitos, o missionário no campo parece não dá frutos, depois de tantos anos na mesma tribo traduzindo o seu dialeto, dias que aparenta nada fluir.
Transição: Nesta situação estava um experiente pescador, passou a noite toda lançando as redes, o frio do vento batendo em seu rosto de preocupado, cada vez que lançava sua rede e nada vinha. Nada tinha nas mãos além de redes vazias. Para Pedro uma mistura de preocupação com o cansaço de uma noite de …

Deus ouve...

"Ouviu o Senhor a Ezequias e sarou a alma do povo"(II Cronicas 30.20)
dentre muitos textos onde Deus se apresenta na iniciativa, quero destacar esse, que em seu contexto diz que Ezequias havia disposto o coração para buscar ao Senhor(V.19) e logo após(v.20) nos mostra que "ouviu o Senhor" nao apenas ouviu para mostrar que não é surdo, ouviu para mostrar se ATENTO, Deus nos dá um tipo de atenção que constrange, impulsiona, inspira e faz entender que a vida é algo mais que o simples fato de sobreviver aos anseios básicos como pessoa.
Longe de ser uma oração de interesses pessoais o texto diz que "...o Senhor sarou a alma do povo" nao sei até que ponto tenho crido que Deus ouve, na verdade por vezes o surdo a história sou eu, pois, diariamente o criador se declara atencioso, amigo e fiel. a propria criação é prova da tua voz. dentre tantos anseios que nos chega a mente... desejo nesse fim de semana, deixar inculcado "Nao sei quanto a mim, se há ou não a d…

Superação

Esperamos sempre,
Mesmo sendo o sempre,
Muito.
Desistimos nunca,
Mesmo sendo o nunca
Perigoso.
Se isso, sempre incomoda,
Porque nunca desistimos,
É por que maior perigo,
Está em olhar o passado,
Com a frustração literária,
De nunca ter tentado,
Por ser tentador,
o deixe estar.