Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Reino...

Olhar por inteiro,
no mais verdadeiro,
buscai primeiro,
esse Reino,
de paz, justiça e retidão
assim, que se espera,
assim, deve ser,
viver nesse reino,
viver e aprender.

Aqui...

Aqui,
Ali,
Dizer,
Enquanto tudo...

Parece dizer que não,
aqui, permaneço,
confiante,
que te amar,
é seguir,
no ser feliz,
Tudo que se quis...

Escrevo outros versos,
aqui no frio de São Paulo,
no calor do teu afago.

Enfim

Na poesia de existir,
o que se dá em um sorrir,
é o que há,
que há de vir,
pra se sonhar,
e se dizer,
meu melhor de mim,
amar você.

Frieza

Frio,
essa coisa,
tempo,
temperatura...

Frieza,
Saudades,
versos de fogueira,
quem sabe assim,
no fim do frio,
Veja no fim da saudade,
o começo de teu riso.
(06 de Junho 2011)
São Paulo-SP