Pular para o conteúdo principal

Dinâmica de Vida autêntica


Dinâmica de Uma Vida Autentica
Meditação:
“Então Jesus lhe disse: Respondeste bem. Fazes  isto e viverás” (Lucas 10.28)

De um lado Jesus e os discípulos uma caminhada de amizades ensinamentos, milagres vividos no prática,
do outro um certo doutor da lei, conhecedor das Escrituras, que Chama Jesus de Mestre e Diz: “O que fazer para herdar a vida Eterna?”
Jesus que é bom de dialogo Pergunta: “O que diz as Escrituras? Como você lê?”
Este doutor sabe o que está escrito e responde corretamente os dois grandes mandamentos: “Amarás o Senhor teu Deus… e Amarás o Próximo como a ti mesmo…”
Aí chegamos na resposta de Jesus que de fato precisamos observar:
“Respondeste bem. Fazes isto e viveras”
Na dinâmica de uma vida autentica necessitamos deixar a teoria e ir para prática, não nos basta sermos doutores se não provamos do remédio da vida que há em Cristo, não nos basta sabermos de modo teórico sobre perdão se vivemos presos nessa raiz de ódio quando vemos quem nos feriu.
Uma vida autentica, se rende ao fato de compreender que tudo que eu sei é bonito, mas, não gera vida se não houve prática.
Vida tem haver com movimento, movimento tem haver com sair da teoria para pratica, e a pratica dos ensinamentos de Jesus nos leva a sermos Cristãos autênticos, que não só falam de amor mais vive, que não frequenta a Igreja, mas a Igreja em Movimento é ele, que não só discute sobre versículos mais pratica.

Enfim, “Fazes isto e viveras”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Razões para viver em Missões

Pensando um pouco sobre o grande desafio de ver mais pessoas: ativas no Reino, sensíveis as palavras de Cristo e trabalhando para o alcance dos povos não alcançados, o minimo que podemos fazer é ventilar a ideia, por meio da escrita para apresentar algumas razões para viver em Missões.
Antes de colocar alguns pontos, vale lembrar que não estou usando o termo "Fazer Missões" estou usando o termo "Viver em Missões" pois o termo "Fazer Missões" dá uma ideia, de algo que se faz de forma esporádica, já o termo "Viver em Missões" sugere uma ideia de investir a vida, ser missional independente do lugar onde se esteja.
Uma vez definindo isso, bora pra alguns pontos:
1) Para Viver em Missões é preciso entender que A Grande comissão é uma ordem e não uma sugestão, (Mateus 28.18-20) 
Tratar esse mandamento bíblico, como sugestão é um equivoco! Queria ter uma razão mais romântica para despertar o desejo de mais pessoas envolvidas, na obra de Deus, porém, se…

É lindo Missões, Mas, não tenho tempo :(

É lindo Missões Mas não tenho tempo! A vontade é de apertar o pescoço de quem pronuncia essa frase, mas, as coisas não se resolvem assim, então escrever talvez seja uma forma de orientar e quem saber até motivar a mais pessoas que ainda não perceberam seu grande potencial de servir o Reino, por conta das ideias erradas que carregam. Cabem aqui algumas definições dos termos, para que tenhamos uma compreensão melhor, Primeira: O que é Missões? Pretendo definir aqui como uma ordem ou um conjunto de ações de quem recebeu uma ordem. Segunda: O que é tempo: Se estamos relacionando tempo no sentido de Relógio, horas e minutos de fato, nenhum de nós temos tanto tempo assim, porém, se propormos o tempo como algo mais subjetivo (Prioridade), ai temos tempo de sobra, sempre teremos tempo para o que de fato nos importa. Um jovem apaixonado por até estar cansado de suas outras obrigações, mas, precisar atravessar a cidade para ir a um cinema com a namorada, conseguirá tempo para isto. Lembrando, q…

Quem é este?

"Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?" (Mateus 8.27 b)
No barco que decidimos entrar, muitas expectativas criamos! Pescas maravilhosas, gente experiente na pescaria, mas, no fim ninguém quer passar por tempestade, ninguém entra no mar dizendo, tomara que dê uma ótima tempestade!
O imprevisível, Ameaçador, Risco de morte! Mas, entrar no barco é correr risco!
A boa notícia é que não basta entrar barco, o que importa é com quem entramos!
A tempestade veio, de forma violenta, o pedido dos discípulos foram o seguinte: "Senhor, Salva nos! Vamos morrer" (Mateus 8.25)
Antes de calar a tempestade, Jesus cala os discípulos, dizendo para eles "Por que vocês estão com tanto medo, homens de pequena fé?". (v. 26)
Então se levanta e repreende os ventos e o mar!
Por fim, completa calmaria, já não há mar agitado, não mais tempestade!
Tão somente admiração e a pergunta: "Quem é este?".
É incrível que Jesus nessa ocasião, não precisou respond…